RockinRio Humanorama - Aquilo Que Chamam Educação

Aquilo Que Chamam Educação

Chamo de educação qualquer esforço intencional para promover uma ou múltiplas oportunidades de aprendizado. A educação é sempre proposital, no sentido de trazer, no fundo um propósito por trás de sua ação. Nesse sentido, a educação é um ato premeditado, com um objetivo muitas vezes explícito, muitas vezes implícito. Trata-se, enfim, de uma ação que abre uma janela de espaço e tempo determinados para que coisas sejam ou possam ser aprendidas. Essas coisas que serão ou não aprendidas invariavelmente revelam o propósito da educação. 

Um exemplo: os jesuítas usaram a educação de forma intencional, como ferramenta de colonização. Os conteúdos veiculados através da educação jesuíta tinham por propósito colonizar a visão de mundo dos nativos, para que estivesse de acordo com a visão de mundo dos jesuítas. Foram quase 200 anos de um sistema educacional punitivo, controlador e acima de tudo, autoritário. 

Outro exemplo: a General Electric foi a primeira grande organização a criar uma universidade corporativa. Por trás da criação dessa universidade estava o interesse de formatar estilo de liderança, visões de negócio e modelos de pensamento estratégico. Crotonville, nas margens do Rio Hudson, é um benchmark conhecido de educação formadora de lideranças. 

Por trás de cada esforço educacional há uma intenção muitas vezes maquiavélica, muitas vezes nobre. O que não se pode esquecer é que educação não acontece por acaso e do nada. Educação é uma ferramenta poderosa de transformação, mas também de controle. Quando nas mãos certas, constrói abundância. Quando nas mãos erradas, constrói escassez. 

Não existe educação sem um partido tomado. Não existe educação que não manifeste, de forma consciente ou inconsciente, uma visão de mundo, um jeito de interpretar as coisas que acontecem e existem ao nosso redor. Não existe educação que, no fundo, não esteja ali defendendo uma ideia de verdade. A educação é sempre baseada na crença e não na descrença, por isso carrega consigo sempre uma versão original do que entende como “a realidade”. Quer uma prova, dá uma olhada na logo de Harvard: VERDADE. 

Agora vamos dar uma olhada na maior rival de Harvard…Yale University: LUZ & VERDADE.

O que quero dizer, afinal, é que no fim do dia, toda educação começa em uma visão de mundo. Toda educação manifesta a ideia de verdade de uma pessoa ou comunidade ou nação. Escolas, universidades, escolas de cursos livres, cursinhos, todos são educação e possuem, lá no fundo (mesmo que perdido, esquecido ou sublimado), um propósito colonizador. Sim, colonizador. Quando instituições educacionais dizem que vão levar esclarecimento (LUZ) e conhecimento (VERDADE), então estão dizendo que vão levar suas versões do que é LUZ, suas versões do que é a VERDADE. 

Meu ponto aqui é: tenha consciência disso. Saiba que a escolha de uma escola para o seu filho, sua escolha de universidade, o curso que você selecionou no Coursera, carregam sua visão de mundo ao mesmo tempo que está carregada da visão de mundo de quem entrega educação 


Assine a nossa Newsletter e entre nessa conversa conosco, aqui.



Avatar - Gustavo Brito
Gustavo Brito

Gustavo C. Brito é Mestre em Sociologia pela Univesité de Paris 1, especialista em métodos e técnicas contemporâneas, design e gestão de aprendizagem. Palestrante TEDx por duas vezes e Speaker internacional na SETT Stockholm, Gustavo lidera a área de Learning & Development do Grupo Boticário, sendo responsável pela criação dos programas, academias e plataforma de educação para os mais de 12.000 colaboradores da marca no Brasil, Portugal e outros 13 países.

Link copied!
Este site não suporta Internet Explorer. Por favor utilize outro browser da sua preferência.