RockinRio Humanorama - Ousadia Para Ter Esperança

Ousadia Para Ter Esperança

“Sejamos os primeiros a criar uma nova esperança”. 

Essas são palavras do filósofo humanista Dr. Daisaku Ikeda, sobre as quais venho refletindo nos últimos tempos. “Sejamos os primeiros” refere-se à capacidade de entendermos a importância do tempo, nos convidando a agir no agora, visualizando e construindo o futuro. “Criar uma nova esperança” traz a convicção de que a esperança não é algo que nos possa ser dado, ou que simplesmente possamos aguardar que voluntariamente surja dentro nós de maneira espontânea, mas sim algo que precisa ser construído - ou melhor, a esperança é uma decisão. 

Uma decisão com o potencial de transformar a sociedade que vivemos por meio dos nossos esforços diários, que se materializam nas nossas ações e que se iniciam em nossos pensamentos. 

Em meio a tantas adversidades e momentos desafiadores, tais quais os que estamos vivendo nos últimos tempos, podemos nos sentir totalmente desprovidos de esperança, limando nossa energia e, consequentemente, a nossa criatividade para acharmos soluções para construirmos uma realidade totalmente diferente daquela em que nos encontramos. É nesse momento em que a esperança se torna uma decisão. Uma decisão de não sucumbir às dores e amargores que enfrentamos, de não desistirmos de acreditar que somos dotados de um potencial ilimitado para transformar qualquer realidade, por mais dura que ela se apresente, ao mesmo tempo que enxergamos essa mesma capacidade em todos os seres humanos. 

Um grande exemplo disso é Mahatma Gandhi que jamais baseou sua esperança na realidade que o seciava, na descriminação racial que sofria, nas injustas condenações ou até mesmo nos atentados sofridos, mas sim na sua profunda convicção na humanidade e na capacidade que as pessoas têm de praticar o bem.  

Assim como Gandhi, nossa esperança não deve ser conduzida pelos fatores externos com quais nos deparamos dia após dia, se assim nos permitirmos, estaremos apenas sendo fantoches das circunstâncias da vida e andaremos em círculos. Também não podemos permitir que a nossa esperança seja enfraquecida pelos fatos que nos ocorrem, afinal uma esperança que não é testada pelas adversidades não passa de um mero sonho. Pelo contrário, devemos cultivá-la e fortalecê-la dia após dia, noite após noite, nos aproveitando dos momentos mais desafiadores para torná-la ainda mais forte e potente. 

Os problemas que o mundo (nós) enfrenta(mos) podem ser extremamente assustadores e desencorajadores, mas não podemos nos permitir ficar parados aceitando as coisas como elas se apresentam nesse momento. Precisamos seguir rumo ao futuro que acreditamos empenhados em criar uma nova realidade, guiados pela ousadia de decidirmos jamais perder a esperança. 

Como membro da família Rock in Rio seria impossível terminar esse primeiro texto sem citar a prova concreta de quem ousa esperançar sobre o futuro, que é o próprio festival. A ousadia de uma única pessoa de não esperar a mudança mais sim criá-la a despeito de tudo e de todos, há 36 anos que movimenta, inspira e transforma a vida de centenas de milhares de pessoas. 

Que possamos seguir assim, como o maior festival de música e entretenimento do mundo, decidindo esperançar sobre o futuro com a certeza e a convicção de que essa ousada ação é capaz de transformar o destino de toda a humanidade - e ela começa aqui e agora. 

Sejamos ousados a esperançar! 


Assine a nossa Newsletter e entre nessa conversa conosco, aqui.



Avatar - Renata Vianna
Renata Vianna

Formada em Jornalismo, pós-graduada em Neurociência do Comportamento. Atualmente Coordenadora de Parcerias no Rock in Rio Brasil. Atua há mais de 12 anos como líder humanitária e pacifista na Brasil Soka Gakkai. Gosta de dizer que é, na verdade, construtora de um mundo melhor, uma desenvolvedora de humanidades que está constantemente tentando criar pontes onde existem muros.

Link copied!
Este site não suporta Internet Explorer. Por favor utilize outro browser da sua preferência.