RockinRio Humanorama - Qual É A Sua História?

Qual É A Sua História?

Se não conta a sua história, como quer que se saiba quem é?

O meu percurso profissional, escrito em bullet points, numa página de um currículo, não conta quem eu sou.

Fui jornalista, lancei três livros, tenho uma empresa de bolachas e agora dou formação de escrita. Ficou a conhecer-me? Não.

Tudo o que me fez chegar a cada ponto desse currículo, as vitórias, as derrotas, as mudanças, as perdas, isso é a minha história.

Sou filha única de um casal muito calado. Cresci tímida, fechada num quarto com um edredão amarelo, um poster de uma porquinha vestida de bailarina na parede e fotografias do James Dean coladas na porta do armário. Nessa mesma porta, também tinha poemas e frases soltas escritas por mim. Na gaveta da secretária, um diário, fechado com uma micro chave, guardava todos os meus segredos.

Escrevia para conversar com alguém. Na escola, muitas vezes não deixava ouvir a minha voz, mas os meus textos falavam por mim.

Pouco a pouco, fui perdendo a timidez. Ainda coro, em alguns momentos de maior tensão, ainda guardo muitas vezes a minha voz, mas nunca deixo de escrever para me expressar ao mundo.

Quando, em 2010, o jornal onde trabalhava fechou, o meu mundo começou a pouco e pouco a desabar. Fechou no dia em que o meu filho mais novo completava 5 anos. Fechou no dia em que eu tinha de celebrar e só me apetecia chorar.

Mas esta foi uma derrota que me fez alcançar uma grande vitória. Em tantos dias que passei a chorar, cruzei-me com uma formação de Escrita Criativa. Fiz. E, passo a passo, a minha vida começou a mudar. Apaixonei-me pela área e comecei a perceber que, para além de amar escrever, eu amava pôr as pessoas a escrever. Os tímidos, como eu. Aqueles que achavam que não tinham nada para dizer, como eu. Aqueles que não se faziam ouvir, como eu.

Esta é uma das minhas histórias. Esta é a minha missão.

As histórias conectam-nos. As histórias fazem-nos perceber que muitos de nós pensam igual, sentem igual, sofrem igual. E isso aproxima-nos. As histórias fazem-nos sonhar, são, muitas vezes, uma luz que teimamos em não ver. E isso inspira-nos. As histórias fazem-nos acreditar, mostrar que é possível fazer diferente ou mostrar que é possível concretizar objetivos. E isso emociona-nos.

As histórias são poderosas. E, num mundo repleto de informação, num mundo de pop-ups que nos assolam o cérebro, “vence” quem souber contar melhor a sua história.

Agora diga-me: qual é a sua história?


Assine a nossa Newsletter e entre nessa conversa conosco, aqui.



Avatar - Mónica Menezes
Mónica Menezes

Sou quase uma ex-tímida. Sou uma apaixonada por palavras. Sou amante de histórias. Sou formadora de escrita há mais de dez anos. Depois de duas décadas ligadas ao Jornalismo, onde passei por revistas, jornais e televisão, apaixonei-me pelas salas de formação. Já publiquei três livros e vários como ghost-writer. Sou formada em Comunicação Social e Certificada em Storytelling. Acredito que uma boa história pode mudar o mundo, nem que seja o nosso mundo.

Link copied!
Este site não suporta Internet Explorer. Por favor utilize outro browser da sua preferência.